Visto Americano de Turista: o que você pode fazer nos EUA?

Você já está com seu visto americano de turista (conhecido como B1/B2) nas mãos, o roteiro já está pronto e a mala quase arrumada? Então está na hora de saber o que você pode ou não fazer na Terra do Tio Sam.

Uma das dúvidas frequentes de quem viaja pela primeira vez aos Estados Unidos é relacionada ao prazo de permanência. Muitas pessoas confundem o prazo de validade do visto com o prazo de permanência no país, isto é, o prazo que é definido pelo agente da imigração no momento em que o viajante passa pelo primeiro porto de entrada no país. Se você ainda tem esta dúvida, não deixe de ler o post Viagem para os Estados Unidos: visto x período de permanência.

Visto Americano de Turista: o que pode ou não pode fazer nos EUAOutra dúvida muito frequente, principalmente agora que os brasileiros têm viajado mais e ficado mais tempo nos EUA é em relação ao que é permitido ou não aos portadores do visto americano de turista.

Para ajudá-lo listamos, na tabela abaixo, um resumo elaborado pela advogada brasileira Renata Castro, do que a pessoa que entra no país – portanto o visto americano de turista – pode ou não fazer em território americano.

Visto Americano de Turista: o que pode e o que não pode fazer nos EUA!

PODE Observação
  • Comprar casa, carro, barco, moto e qualquer outro tipo de propriedade
  • Ser dono de empresas,
mas não pode estar diretamente envolvido na gestão do negócio em atividades cotidianas, como atender telefonemas, processar pedidos de vendas, prospectar clientes de maneira sistemática, para citar alguns exemplos;
  • Casar-se nos Estados Unidos
  • Obter financiamento imobiliário
  • Obter seguros de vida, saúde ou automobilístico
Não existe nenhuma lei que proíba tal coisa

 

NÃO PODE
Observação
  • Trabalhar, mesmo recebendo em dinheiro (cash) , trabalho informal, ou como independent contractor!
Isso constitui violação automática do visto e já caracteriza ilegalidade para o portador do visto, mesmo que o visto ou I-94 estejam válidos!
  • Estudar em escolas públicas!
Apesar do sistema de ensino aceitar a matrícula do aluno, a prática é ilegal e viola os termos do visto, podendo levar a proibição de reentrada no país, ou em casos extremos a deportação;

É importante lembrar, também, que o portador de visto americano de turista que ultrapassa o período de permanência no país passa a ser considerado ilegal e, consequentemente, fica sujeito às penalidades previstas na lei de imigração americana que inclui, inclusive, a deportação.

Além disso, a pessoa que extrapola o prazo de permanência no país e, posteriormente, decide sair de forma espontânea, pode ser proibido de retornar aos Estados Unidos por, no mínimo, 3 (três) anos ou, em alguns casos, definitivamente.

Marlise V. Montello

Marlise V. Montello

Marlise V. Montello é jornalista e, há algum tempo, decidiu escrever sobre uma de suas paixões: viagens. O objetivo é ajudar aqueles que, como ela, sempre que podem arrumam a mochila e colocam o pé-na-estrada em busca de novas descobertas. Seus roteiros preferidos são aqueles que oferecem contato com a natureza, com a gastronomica e com a arte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *