Viagem para Espanha: documentos que podem ser exigidos pela imigração!

Você está programando uma viagem para Espanha? Então não deixe de providenciar toda a documentação que pode ser exigida no momento em que você chegar ao país e evite problemas com a imigração espanhola.

Assim como a maioria dos países do continente europeu, cidadãos brasileiros que viajam para Espanha são isentos de visto desde que a estada no país para turismo, estudo (de curta duração) ou negócios, não exceda 90 dias em um período de 180 dias.

Caso a sua estada no país seja maior do que 90 dias você deve solicitar um visto.

Viagem para Espanha (Catedral Sagrada Família)

Viagem para Espanha: outros requisitos de entrada que podem ser exigidos

Embora não seja necessário solicitar visto para visitar a Espanha pelo período mencionado acima, existem outros requisitos que podem ser exigidos dos cidadãos brasileiros pelos agentes alfandegários espanhóis.  A falta de qualquer um destes documentos pode impedi-lo de entrar no país.

Portanto, fique atento e providencie todos os documentos antes de embarcar para sua viagem para Espanha. Viajante prevenido vale por dois! 😉

1. Validade do passaporte

Como já falamos no artigo validade do passaporte para entrar no continente europeu, não basta ter o passaporte brasileiro válido para entrar nos países do Espaço Schengen. É imprescindível que o seu documento de viagem seja válido por, pelo menos, 3 (três) meses após a data que você pretende retornar ao Brasil.

2. Comprovante de que você seguirá para outro país ou bilhete aéreo de volta para o Brasil

Leve sempre uma cópia impressa do bilhete aéreo de volta para o Brasil ou, caso você pretenda visitar algum outro país, algum documento que comprove a continuidade da sua viagem (se possível, o bilhete aéreo/ônibus/trem).

3. Comprovar que tem condições financeiras de bancar sua estada na Espanha

Pode ser exigido do cidadão brasileiro a comprovação de que que possui recursos financeiros para bancar sua viagem para Espanha. O valor é de  68 euros por dia de permanência (por pessoal). O valor mínimo total é de 570 euros. Ou seja, não importa se a sua passagem pela Espanha tenha a duração de apenas 2 (dois) dias, por exemplo, você tem que comprovar o porte de, pelo menos, 570 euros.

A comprovação deve ser feita por meio de cheques de viagem, cartão de créditos ou mesmo, em espécie. Caso opte pelo cartão de crédito, o viajante deve apresentar extratos de conta expedidos pelo banco, não são aceitos extratos emitidos via internet.

4. Não estar proibido de entrar na Espanha e/ou não representar perigo para a ordem pública, segurança nacional ou relações internacionais.

O cidadão que tentar entrar na Espanha não pode:

  • ter sido deportado por algum país-membro;
  • ter permanecido, em viagem anterior, além do prazo permitido para turistas (três meses) ou estar reingressando no Espaço Schengen antes de decorridos três meses da última saída deste território.

Além disto, não deve ter proibição expressa por atividades consideradas contrárias aos interesses de ãlgum dos país que fazem parte do Espaço Schengen, qualquer relação com organizações criminosas ou perigo para a saúde ou ordem pública.

5. Seguro de Saúde ou de viagem

Assim como em outros países do Espaço Schengen, é necessário contratar um seguro de saúde ou de viagem que cubra a integralidade da sua estada. Nós sempre utilizamos o seguro da World Nomads pois, além de ter um preço muito competitivo, já utilizamos e sabemos que é confiável.

6. Apresentar documentos que justifiquem a sua viagem para Espanha

Os agentes da imigração espanhola podem exigir documentos que justifiquem a sua viagem para Espanha. Estes documentos podem variar de acordo com o tipo de viagem.

  • Caráter profissional, científico, desportivo ou religioso:
    – convite de empresa, autoridade ou instituição;
    – documentos relacionados à missão que motiva a viagem;
    – cartões de acesso a feiras e congressos.
  • Estudos, formação ou pesquisa:
    – documento de pré-inscrição ou admissão da instituição de ensino legalmente reconhecida;
    – carnê de estudante ou certificados relativos aos cursos seguidos.
  • Turismo ou privadas:
    – reserva em hotel ou estabelecimento de hospedagem ou carta-convite (caso você vá se hospedar na casa de alguém);
    – confirmação de reserva em viagem organizada;
    – passagem de volta ou de circuito turístico.

Segundo consta na página do Consulado Geral do Brasil em Madri, cerca de 40 brasileiros são proibidos de entrar na Espanha a cada mês. Portanto, se você está prestes a visitar o país, lembre-se de levar com você todos os documentos exigidos. Pode ser que os agentes da imigração simplesmente não peçam nada para você ou, pode ser que você seja o escolhido do dia e, neste caso, é melhor estar prevenido. 😉

Para quem pretende visitar a França, não deixe de ler o artigo onde citamos os documentos que podem ser exigidos pela imigração francesa.

Fonte: Consulado Geral do Brasil em Madri

 

Marlise V. Montello

Marlise V. Montello

Marlise V. Montello é jornalista e, há algum tempo, decidiu escrever sobre uma de suas paixões: viagens. O objetivo é ajudar aqueles que, como ela, sempre que podem arrumam a mochila e colocam o pé-na-estrada em busca de novas descobertas. Seus roteiros preferidos são aqueles que oferecem contato com a natureza, com a gastronomica e com a arte.

19 comentários em “Viagem para Espanha: documentos que podem ser exigidos pela imigração!

  • Abril 8, 2017 em 2:08 pm
    Permalink

    Bom Dia,

    Ola me chamo Eggsi, estou com duvidas sobre o seguro World Nomads. Entrei no site deles fiz uma cotação, mas inda não sei como funciona e se o valor e único, já que não consta se é em parcelas ou fixo o valor e também como entro em contato com eles.
    Desde de já agradeço.

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      Abril 9, 2017 em 10:08 pm
      Permalink

      Olá Eggsi,
      O valor que aparece na primeira página, depois de você colocar seus dados (p/ onde vai, idade, período) é o valor que você pagará pelo seguro. Agora se dá p parcelar, sinceramente, nunca tentei pois sempre pago a vista e nunca prestei atenção se eles parcelam. Mas acredito que dependendo do valor possa ser possível parcelar sim. Depois que você colocar seus dados pessoais (endereço, telefone, etc) uma nova tela abrirá p você colocar os dados do cartão. Lá você poderá verificar se tem como parcelar ou não. Depois que efetuar o pagamento você receberá um e-mail com os dados da sua apólice e de como contactá-los caso tenha necessidade.
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
  • Março 13, 2017 em 1:22 am
    Permalink

    Muito útil suas dicas! Faremos uma viagem para Europa em 10/04/17 com retorno marcado para 27/04/17, passaremos por Espanha, França e Portugal. Tenho uma dúvida quanto a comprovação de hospedagem, pois, estamos alugando imóveis através do Airbnb, vamos em um grupo de 6 pessoas com idade média de 50 anos cada. O contrato de locação sai em nome de uma única pessoa, teremos problemas com isso?
    Grato,
    Ailton Córdoba

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      Abril 9, 2017 em 10:26 pm
      Permalink

      Oi Ailton,
      Desculpa a demora, vocês já devem estar viajando. Mas acredito que não terão problema não, basta dizer que estarão juntos.
      Aproveito para oferecer meus serviços em Lisboa e região. Se precisarem de um guia aqui, entrem em contato pelo e-mail mvm@meusroteiros.com
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
  • Janeiro 22, 2017 em 5:56 am
    Permalink

    Só estou escrevendo para parabenizar esta matéria, muito boa!

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      Fevereiro 17, 2017 em 1:29 am
      Permalink

      Obrigada Rafael,
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
  • Janeiro 15, 2017 em 6:26 pm
    Permalink

    Olá
    Vou para Espanha em maio/17 a passeio ficarei 15 dias . Meu passaporte terá validade de 5meses na data do embarque e 4 meses e 15 dias na data de saída da Espanha.
    Pelas regras estou dentro dos prazos exigidos, porém para evitar dor de cabeça seria necessário tirar outro?
    Obs: neste meu atual tenho meu visto americano, vários carimbos de viagens turísticas que fiz nos últimos 4 anos, provando que sempre viajo a turismo.

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      Fevereiro 17, 2017 em 1:36 am
      Permalink

      Olá Mônica,
      Peço desculpas pela demora. Se o seu passaporte estará dentro do prazo exigido creio que você não precisa emitir outro.
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
  • outubro 10, 2016 em 3:58 pm
    Permalink

    Olá, tudo bom?
    Primeiramente parabéns pelo site.
    Tenho uma viagem marcada para Roma, com conexão em Madri. Passarei 16 dias na Europa.
    Justamente a passagem pela imigração nessa conexão que está me deixando preocupada, pois viajarei sozinha e é a minha primeira viagem internacional.
    Os documentos de viagem que tenho são:
    Seguro viagem, reserva dos hostels, reservas dos voos e ônibus para os trechos internos e até uma carta convite de um amigo residente em Londres (ele tem cidadania), além de 1000 Euros e 200 Libras em espécie.
    Só que aqui no Brasil eu sou autônoma, e não tenho como comprovar o meu tipo de ocupação de modo formal.
    Será que posso ter problemas com a imigração.
    Desde já agradeço a ajuda =)
    Abraços!

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      outubro 10, 2016 em 10:49 pm
      Permalink

      Olá Daniela,
      Como vai? Sinto muito desapontá-la mas não tenho como dizer se você vai ter problema ou não com a imigração. Se você está com a documentação que eles podem pedir, a princípio, não terá problema mas, é difícil prever. Venha sem medo e responda as questões que te fizerem corretamente. Como você não vai ficar na Espanha, é só conexão, acredito que eles não vão criar problema. Mas, como mencionei, não tenho como te garantir isto.
      Vai na fé e tudo vai dar certo! Boa viagem! 😉
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
    • Fevereiro 11, 2017 em 5:32 am
      Permalink

      Gostaria de saber se tudo ocorreu bem com sua viagem Daniela. Irei para Paris fazendo conexão em Barajas. É minha primeira viagem, encontrarei com meu namorado em Paris(ele é brasileiro mas está em um programa onde é professor na Guiana Francesa e não nos vemos a 5 meses). Estarei sozinha e meu passaporte é branco porque nunca fiz uma viagem internacional. São 15 dias em Paris e estou levando 1070 euros em especie, passagem ida e volta, seguro viagem, hospedagem pela Airbnb, comprovante de que sou estudante de graduação aqui no Rio. Estou com medo e barrerem por ser mulher com 22 anos e viajando sozinha. Não tenho comprovante de renda, minha avó pagou minha viagem.

      Resposta
  • agosto 28, 2016 em 2:07 am
    Permalink

    Ola!
    Pretendo visitar Portugal entre os dias 6 e 15 de outubro e a maior parte dos voos que pesquiso, passam por Madri e o temível aeroporto de Barajas.
    Terei todos estes documentos mencionado acima, porem tenho receio de ser a escolhida do dia, pois estarei sozinha.
    Vou encontrar minha irma, meu cunhado e sobrinhos em Portugal. Eles também passarão por Madri, porem em horario diferente do meu.
    Sou casada, tenho emprego fixo e bens no Brasil. Alem disso, estive em Lisboa, Barcelona e Paris em 2015. Ha risco de ser barrada pelo fato de estar sozinha?
    Grata!

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      setembro 22, 2016 em 5:07 pm
      Permalink

      Olá Elisabete,
      Peço mil desculpas mas tive alguns problemas e só vi seu comentário hoje. Imagino que você já tenha comprado seu bilhete não é mesmo? Bom, eu já passei por lá várias vezes e nunca tive problema. Algumas amigas também. Então fique tranquila, acredito que eles impliquem mais com quem vai para a Espanha de fato. Como o seu destino é Portugal, não tem motivo para a imigração querer te barrar.
      Boa sorte!
      Marlise V. Montello

      Resposta
  • Pingback:Carta-convite:você vai precisar do documento para viajar para Espanha?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *