ROMA: Dez dicas para você aproveitar melhor sua viagem!

Você está preparando a sua viagem para Roma, então não deixe de conferir a nossa lista com DEZ dicas que podem te ajudar a gastar um pouco menos e aproveitar muito mais a sua viagem!

#1 – Vá de ônibus do aeroporto para a Estação Termini

Transporte Aeroporto Fiumicino(Roma) para Estação Termini

Há várias opções (taxi, trem, van) mas o ônibus é a forma mais econômica;

– valor: entre  €3,90 a €6 por pessoa;
– Tempo: entre 45 minutos e 1h10 (depende do horário/trânsito);
– Empresas: RomeAirportBus, TAMbus, TerraVision, SitBusShuttle;
– Trajeto: Aeroportos de Roma (Fiumicino, Ciampino) / Estação Termini / Aeroportos de Roma

Nos aeroportos, basta seguir as placas indicando o terminal de ônibus (Bus Station).

#2 – Compre o cartão RomaPass

Cartão RomaPass

O RomaPass é um cartão que oferece vantagens para o turista.

Há dois tipos de cartão: RomaPass e RomaPass 48 hours.

A grande vantagem do cartão é poder “furar a fila” em alguns pontos turísticos mais concorridos, como o Coliseu, por exemplo.

  • RomaPass 48 hours:

– Valor: €28;
– Validade: 48 horas após a primeira utilização (transporte público ou entrada em uma das atrações);
– Vantagem: transporte público gratuito durante as 48 horas; entrada gratuita no primeiro museu ou sítio arqueológico (o Coliseu e o Foro Romano são considerados uma única atração); desconto nos outros museus; Acesso direto aos locais, sem fila;

  • RomaPass:

– Valor: €36;
– Validade: 3 dias após a primeira utilização (transporte público ou entrada em uma das atrações);
– Vantagem: transporte público gratuito durante os 3 dias; entrada gratuita nos dois primeiros museus ou sítio arqueológico (O Coliseu e o Foro Romano são considerados uma única atração); desconto nos outros museus; Acesso direto aos locais, sem fila;

#3 – Não esqueça de validar o bilhete do ônibus ou do trem

Validar bilhete de transporte público em Roma

Nunca se esqueça de validar o bilhete ao utilizar o transporte público em Roma, a multa pode chegar a 200 Euros, caso você dê azar de ser fiscalizado. Para validá-lo, basta inserir o bilhete em uma maquininha que fica próximo à plataforma de embarque (no caso do trem) ou dentro do veículo (no caso do ônibus).

 #4 – Compre os bilhetes para utilizar o transporte público nas Tabacarias

Tabacaria Roma

Caso precise comprar bilhete para utilizar o transporte público em Roma, vá a uma Tabacaria. O bilhete também pode ser adquirido nas bancas de jornais e revistas. O problema é que no final do dia eles podem não ter mais para vender. Neste caso, você vai ter que procurar por uma tabacaria. Para identificá-las, procure pelo símbolo “T”, como na figura abaixo.

#5 – Compre o bilhete para visitar os Museus do Vaticano e a Basílica de São Pedro pela internet e evite filas!

Ingresso Museus do Vaticano

O bilhete pode ser adquirido na página oficial dos Museus do Vaticano. Você pagará uma taxa adicional de 4 € por pessoa. Em compensação, provavelmente não precisará enfrentar filas para ter acesso ao local. Há uma fila separada para quem tem a reserva. Basta ir até a bilheteria e trocar a reserva pelo bilhete.

#6 – Imprima o mapa dos Museus do Vaticano e faça anotações do que deseja ver, assim você aproveitará melhor a sua visita
Museus do Vaticano (Foto: F. Bucher)
Museus do Vaticano (Foto: F. Bucher)

Os Museus do Vaticano são, na verdade, uma coletânea de vários museus interligados. Por isso o local é enorme, maior do que o Louvre, em Paris. Quando você adquire o bilhete de entrada você não recebe nenhum mapa, então é interessante que você leve o seu impresso. Como há muito o que ver, faça anotações daquilo que mais te interessa, isso te ajudará bastante. Para baixar o mapa, clique aqui .

#7 – Chegue aos Museus do Vaticano bem cedo (no horário de abertura) e siga o Percurso Breve.  É uma forma de tentar ver a Capela Sistina ainda vazia.

Capela Sistina

Se você já baixou o mapa dos Museus do Vaticano que nós disponibilizamos no item 4, vai perceber que há dois percursos (texto em vermelho), o Breve e o Longo. Há quem diga que seguindo o percurso Breve você chega na Capela antes dos demais turistas (que fazem o Percurso Longo) e consegue apreciar melhor a beleza do lugar.

#8 – Verifique se os museus e/ou atrações que você pretende visitar devem ser reservados com antecedência

Galeria Borghese

Vários museus e igrejas em Roma tem um horário de funcionamento rigoroso e, em alguns casos exigem reserva antecipada, como é o caso da Galeria Borghese. Portanto, programe-se, para não correr o risco de não visitar a atração que você deseja.

Você pode reservar o bilhete para visitar a famosa Galeria Borghese por meio deste link.

#9 – Preste atenção no menu antes de escolher um restaurante e evite aqueles que oferecem comida congelada!

Menu_Congelado1

Nada como comer uma comidinha feita na hora, não é mesmo. Ainda mais na Itália! Então, antes de escolher um determinado restaurante, dê uma olhada no cardápio e verifique se não há um aviso como este da foto (“*Il prodotto potrebbe essere sugeleto/Il prodotto é surgelato”).

#10 – Visite a Fontana di Trevi no período da noite.

Fontana di Trevi

Na alta temporada é quase impossível evitar a multidão de turistas na Fontana di Trevi, um dos lugares mais conhecidos de Roma. Se você for até lá no período noturno,A probabilidade de ter menos turistas e você conseguir melhores fotos é um pouquinho maior. Tirando que a iluminação da fonte é bem bonita de noite.

 

E por ultimo, não deixe que o jeito “grosso” dos italianos de Roma estraguem o seu passeio. Eles não são exatamente aquele povo alegre e simpático que a gente imagina e que existe em outras regiões da Itália!  😉

Se você tiver mais alguma dica interessante para quem vai visitar a região, manda p/ nós (admin@vistosedicasdeviagem.com).  Teremos o maior prazer em acrescentar sua informação!

Não deixe de ler também o artigo Viagem para Europa: 15 dicas exclusivas para você!, com dicas bem bacanas para você se divertir e economizar na Europa!

E ser quiser saber um pouco mais sobre esta bela cidade e suas atrações, leia os artigos abaixo:

Vaticano: um passeio pelo menor “país” do mundo!
Museus do Vaticano: uma experiência única!
Vaticano: onde ir e o que fazer?
Praça de São Pedro | Vaticano |Itália

 

Marlise V. Montello

Marlise V. Montello

Marlise V. Montello é jornalista e, há algum tempo, decidiu escrever sobre uma de suas paixões: viagens. O objetivo é ajudar aqueles que, como ela, sempre que podem arrumam a mochila e colocam o pé-na-estrada em busca de novas descobertas. Seus roteiros preferidos são aqueles que oferecem contato com a natureza, com a gastronomica e com a arte.

7 comentários em “ROMA: Dez dicas para você aproveitar melhor sua viagem!

  • Pingback: Passagens Aéreas para a Europa a partir de 449 dólares!

  • setembro 15, 2015 em 9:37 pm
    Permalink

    Uma outra dica para conhecer a Italia è que no primeiro domingo de todos os meses,nos monumentos ,museus que pertencem ao Estado sao gratuitos,exemplo Colosseu,Pompei,mas sò aqueles do governo,è um incentivo que o ministèrio dos bens publicos e cultura fez.

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      setembro 17, 2015 em 5:46 pm
      Permalink

      Olá Edna,
      Interessante, isto eu não li em lugar algum. Bacana, vou acrescentar no post!
      Obrigada.
      Marlise V. Montello

      Resposta
  • agosto 30, 2015 em 2:57 pm
    Permalink

    Olá!
    Vou super usar essas dicas, obg!
    Uma dúvida…no transporte público, criança paga a partir de qts anos?
    Obg!

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      setembro 4, 2015 em 8:11 pm
      Permalink

      Olá Talita, desculpa a demora.
      Se você se refere ao ônibus do aeroporto p/ Estação, criança menor de 4 anos não paga. Se tiver mais de 4 anos paga o mesmo que adulto.
      Boa viagem, aproveite Roma, a cidade é linda!
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
  • agosto 25, 2015 em 4:01 pm
    Permalink

    Gostei muito das dicas e já fiz isso tudo. Acho que posso contribuir com: avisar que ao sentar à uma mesa num bar ou sorveteria há acréscimo no valor da conta; ao entrar num restaurante estilo buffet, verificar se o valor é cobrado individualmente por cada prato que se serve. Entrei pelo cano uma vez num restaurante próximo ao Vaticano pq estava escrito 12 euros por pessoa. Só que era 12 por um bife + 12 pela porção de pasta + 12 pela porção de legumes e assim por diante. O barato saiu muuuuuito caro!
    Outro detalhe importante é alertar sobre as senhoras com crianças ao colo que te cercam em bando para tentar asssltar e aqueles que querem ajudar qdo vc tá todo enrolado pra comprar o ticket do metrô.

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      agosto 26, 2015 em 7:29 pm
      Permalink

      Olá Diva,
      Nossa, que furada! Não dei este azar lá não….rs…mas pode deixar, vou anotar isto p/ próximo post. 😉
      Quanto ao roubo, infelizmente não é só lá né!? Está cheio na Europa, mesmo aqui em Genebra, que é uma cidade calma, em alguns lugares temos que ficar mais espertos. E pior que o brasileiro em geral se descuida, achando que porque está na Europa estas coisas não acontecem.
      Obrigada pela dica! Volte sempre ao blog. Já já vou postar algumas dicas da Suíça!
      Abs, Marlise V. Montello

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *